domingo, 24 de outubro de 2010

Coisas bonitas na vida

 
“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. “Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.” (Fernando Sabino)
 
video
 
Hoje é aniversário da minha querida irmã. E quero homenageá-la neste meu espaço, escrevendo um pouco sobre a época das comemorações que passamos juntas, sempre alegres e divertidas.
 
Na festa dos cinco anos dela, uma dupla de palhaços animou os convidados. Aos 10 anos, Jessica quis um baile com luz negra e globo de luz – para horror de minha mãe ... Na festa dos 15 anos, foi organizado um baile à fantasia - a casa foi desmontada para caber os mais de 60 convidados. Eu me fantasiei de odalisca, foi ótimo! Quando Jessica completou 18 anos, teve um churrasco com muita gente em volta da piscina e regado com cerveja (moderada pelos meus pais, é claro), para festejar sua maioridade... E, assim, durante todos os anos continuamos a festejar...
 
Minha irmã, quero desejar a você um dia repleto de alegria, felicidade e muita paz. Que o Amor floresça em seu jardim, a cada estação, perfumando a sua vida! Ofereço este poema para você:

Há coisas bonitas na vida

Bonitas são as coisas vindas do interior, as palavras simples, sinceras e significativas.

Bonito é o sorriso que vem de dentro, o brilho dos olhos...

Bonito é o dia de sol depois da noite chuvosa ou as noites enluaradas de verão em que todos saem de casa.

Bonito é procurar estrelas no céu e dar de presente ao amigo, amiga, namorado...

Bonito é achar a poesia do vento, das flores e das crianças.

Bonito é chorar quando se sentir vontade e deixar que as lágrimas rolem sem vergonha ou medo de crítica.

Bonito é gostar da vida e viver do sonho.

Bonito é ser realista sem ser cruel, é acreditar na beleza de todas as coisas.

Bonito é a gente continuar sendo gente em quaisquer situacões.

Bonito é você ser você.

(Letícia Thompson)