domingo, 5 de setembro de 2010

Amor de avó

Nesta semana, minha mãe e eu preparamos a casa com plantas novas e floridas para a chegada da Primavera. O jardim teve a grama aparada, nas jardineiras colocamos lindas flores e vasinhos coloridos no peitoral das janelas. Deu um toque especial ao ambiente e ficou muito bonito!

Em setembro, também é o aniversário de minha avó. Mas, no momento ela está hospitalizada, por causa de uma hérnia e talvez faça cirurgia. Temo porque ela já tem idade avançada, porém a intervenção é necessária. Estou rezando para que ela melhore o mais rápido possível, assim, poderemos festejar juntas mais um ano com alegria.


Tenho um grande amor por minha avó, que sempre esteve presente desde que nasci. Ela é muito carinhosa e atenciosa. Quando eu era pequena, íamos para a praia e brincávamos no mar, junto com meu saudoso avô. Também, jogávamos cartas e era muito gostoso.



Na minha adolescência, por várias vezes dormi em sua casa - eu a ajudava nas tarefas domésticas (às vezes eu reclamava, mas ela pacientemente entendia, sem deixar de ser enérgica). Nessa ocasião, minha avó preparava pratos que eu sempre gostei: a deliciosa gemada, o saboroso doce de abacaxi, a berinjela recheada, o ovo frito do jeito que só ela consegue preparar... Acompanhou-me em consultas médicas e presenciou muitas das minhas dificuldades. Cuidou de mim em diversas ocasiões, enquanto minha mãe trabalhava. Essas são lembranças de uma avó querida, a quem respeito muito. Ela estará no meu coração por toda a minha vida!



Hoje, mesmo distante de São Paulo, telefono regularmente para ela e, sempre que possível, a visito e alivio a saudade dos seus beijos e abraços.

video
Emocione-se com este vídeo que registra o amor incondicional de uma avó